História (timeline)

​Fundada em 1952 pela Mannesmannröhren-Werke, a Vallourec (na época Mannesmann S.A.) instalou-se no Brasil para atender à recém-criada indústria petrolífera nacional. Em sua trajetória, a Vallourec sempre esteve presente nos principais momentos que marcaram o desenvolvimento do país.
1951 - 1959
1963 - 1978
1982 - 2000
2000 - Atual

1951 - 1959: Anos 50

1951: Uma nova fábrica no Brasil
Sigmund Weiss, brasileiro de ascendência alemã, propõe à direção da Mannesmann, na Alemanha, a construção de uma fábrica de tubos no Brasil para atender à demanda da emergente indústria petrolífera.
1952: Fundação da Companhia Siderúrgica Mannesmann
›› Fevereiro – Realizada assembleia de fundação da Companhia Siderúrgica Mannesmann. ›› Maio - Solenidade de lançamento da pedra fundamental da Usina Barreiro com a participação do presidente Getúlio Vargas e do governador de Minas Gerais, Juscelino Kubitschek.
1954: Início das atividades da Usina Barreiro
›› Agosto - Início de atividades da Usina Barreiro com inauguração da primeira prensa de extrusão. Presentes o presidente Getúlio Vargas e o governador de Minas Juscelino Kubitschek. Produção do primeiro tubo de aço. ›› Lançamento da pedra fundamental para construção da Vila Operária da Mannesmann.
1955: Início do fornecimento para a Petrobras
›› Instalados o primeiro forno elétrico de redução, os conversores na Aciaria e dois fornos elétricos a arco. ›› Fundação da Mannesmann Mineração. ›› Empresa faz o primeiro fornecimento de tubos para a Petrobras.
1956: Início da operação
Abril - Evento de comemoração do início da operação da Usina Integrada Mannesmann, no Barreiro, com instalações da Aciaria, Laminação de Barras e Laminação Automática, bem como produção de aço em forno elétrico. Presença do presidente Juscelino Kubitschek.
1959: Inauguração das minas
›› Maio - Inauguradas, com a presença do presidente Juscelino Kubitschek, as Minas I, II e III da Mannesmann Mineração, atual Vallourec Mineração Ltda. ›› Produção na Usina Barreiro alcança 94 mil t. de aço e 41 mil t. de tubos.

1963 - 1978: Anos 60 e 70

1963: Inauguração do Alto-Forno I
Abril - Inaugurado o Alto-Forno I da Usina Barreiro com a presença do presidente João Goulart e do governador de Minas Gerais, Magalhães Pinto, além de toda a diretoria da matriz alemã.
1965: Queda de produção
Empresa é afetada pela queda das atividades econômicas no país: produção de aço bruto cai a 60% da capacidade instalada e demanda por tubos de aço tem retração de 66%.
1966: Criação da fundação beneficente dos empregados
Criada a Fundação Beneficente dos Empregados da Mannesmann, atual Fundação Sidertube.
1967: Novo Centro de Formação Profissional
Inauguração do Centro de Formação Profissional.
1969: Fundação da Mannesmann Florestal
Fundação da Mannesmann Florestal, atual Vallourec Florestal Ltda, destinada ao cultivo de florestas de eucalipto e produção de carvão vegetal para abastecimento à Usina Barreiro.
1971: Retomada da produção
Produção do Alto-Forno I da Usina Barreiro é retomada, após quase seis anos de paralisação. Equipamento é reativado para operação com uso de carvão vegetal como termorredutor e passa a ser o maior do mundo a usar esse tipo de insumo.
1977: Criação da Mannesmann S/A
Companhia Siderúrgica Mannesmann passa a se chamar Mannesmann S/A. Início de operação da terceira etapa de expansão da Usina Barreiro.
1978: Primeira corrida no convertedor LD
Primeira corrida de aço no convertedor LD, com capacidade para até 750 mil t/ano. Equipamento é o primeiro da América do Sul a contar com um sistema de desempoeiramento.

1982 - 2000: Anos 80 e 90

1982: Inauguração da Mina Pau Branco
Início de operações na Mina Pau Branco, em Brumadinho.
1986: Recorde de produção
›› Inauguração do Lingotamento Contínuo de Barras Redondas, com a presença do presidente José Sarney. ›› Marco da produção de 1 milhão de t/ano de aço bruto.
1990: Certificação da APIQ1
›› Mannesmannröehren - Werke da Alemanha completa 100 anos de fundação. ›› Empresa recebe certificação de qualidade APIQ1 para o setor petrolífero.
1992: Mannesmann se desfaz das participações
Mannesmann S/A se desfaz de todas as suas participações em empresas do grupo no Brasil que não estão ligadas ao setor siderúrgico e de fabricação de tubos.
1994: Início do programa de PLR e fundação da Reserva Ecológica
›› Empresa adota Programa de Participação nos Lucros e Resultados, como forma de recompensar o desempenho de seus empregados durante o ano. ›› Fundação da Reserva Ecológica V & M do BRASIL, próxima à Usina Barreiro, uma área de 206 mil m2 que se constitui na maior reserva ecológica particular do País.
1997: Criação da Vallourec & Mannesmann Tubes
Criação, na Europa, da joint-venture entre a francesa Vallourec e a alemã Mannesmannröehren – Werke. A nova Empresa passa a se chamar Vallourec & Mannesmann Tubes.
1999 - 2000: Certificação na norma ISO 14001
Empresa e suas controladas são certificadas na norma ISO 14001, o que confirma seu compromisso com a proteção ao Meio Ambiente.

2000 - Atual: Século XXI

2000: Criação da V & M do BRASIL
Mannesmann S/A passa a integrar a Vallourec & Mannesmann Tubes e passa a se chamar V & M do BRASIL.
2001: Tubo verde
›› Empresa adota o conceito de “tubo verde”, que credencia a produção a partir do uso de carvão vegetal como principal fonte de energia renovável.
2001: Certificação OHSAS 18001
Certificação na norma OHSAS 18001, referente à gestão de saúde e de segurança ocupacional.
2004: Aprovação do projeto de redução de emissão de gases
›› A VMB é a primeira siderúrgica do mundo a obter, junto à Organização das Nações Unidas (ONU), a aprovação de projeto de redução de emissões de Gases de Efeito Estufa de acordo com as premissas do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo do Protocolo de Quioto.
2005: Grupo Vallourec adquire a Vallourec & Mannesmann Tubes
›› O Grupo Vallourec torna-se proprietário de 100% do capital da Vallourec & Mannesmann Tubes. ›› Empresa cria o Programa Comunidade Viva.
2006: Aquisição do Cine Brasil
Aquisição pela Fundação Sidertube do prédio do antigo Cine Theatro Brasil, inaugurado em 1932 e fechado desde 1999.
2007: Início da restauração do Cine Brasil
Início da restauração do prédio para reinauguração do antigo Cine Theatro Brasil.
2008: Destaque no PMQ e conquista do Cerflor
›› Em sua primeira participação, Empresa é destaque no Prêmio Mineiro da Qualidade (PMQ), organizado pelo Instituto Mineiro de Qualidade. ›› V & M FLORESTAL conquista o certificado Cerflor. Documento atesta o manejo de florestas plantadas de eucalipto e é feito sob critérios de sustentabilidade econômica, ambiental e social.
2010: Finalista e Destaque Geral do Prêmio PMGA
›› Empresa é premiada como Finalista e Destaque Geral do Prêmio Mineiro de Gestão Ambiental (PMGA).
2011: Inauguração da VAM Drilling
›› Inauguração da linha de produção da VAM Drilling nas dependências da Usina Barreiro. ›› Outubro - VMB oficializa participação no Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com a implantação do Vallourec Research Rio de Janeiro, um centro de pesquisas em petróleo e energia.
2012: Controle da TSA e Inaguração de planta de acessórios
›› Janeiro - Aquisição do controle acionário da Tubos Soldados Atlântico (TSA), que tem unidade de produção em Serra (ES). ›› Junho - Inauguração da planta de acessórios na Base Logística e de Serviços de Rio das Ostras.
2013: Unificação da marca e inaugurações
›› A V & M do BRASIL torna-se Vallourec Tubos do Brasil. ›› Inauguração do Centro de Competência, no Rio de Janeiro, dedicado ao pré-sal. ›› Inauguração do Cine Theatro Brasil Vallourec. ›› Criação da Vallourec Transportes e Serviços Ltda.